Inglês: sabemos que aprender outro idioma não é fácil, mas hoje vamos te mostrar que não é um bicho de sete cabeças.

Pensando nisso, convidamos o professor de idiomas, Michell Lago, para falar sobre o assunto com mais autoridade.

Portanto, se você quer domar esse bicho que tem te atrapalhado a aprender Inglês, fica conosco até o final do texto.

Boa leitura!

Desmistificando o aprendizado do idioma Inglês

Inglês-aprender-o-idioma-não-é-um-bicho-de-7-cabeças

Você acredita que é muito difícil e nunca vai conseguir aprender Inglês?

Então, eu estou aqui para te contar que aprender esse idioma pode ser muito mais fácil e divertido do que parece.

Mas, como Michell? Para você que sempre teve dificuldades em aprender inglês ou até mesmo quem já possui um certo domínio da língua, eu irei passar algumas dicas.

Primeiramente, comece pelo alfabeto. Alfabeto? Você deve estar pensando que eu estou de brincadeira, né?

Contudo, na realidade, a compreensão do som de cada umas das letras do alfabeto inglês é muito importante.

Isso porque irá te ajudar na pronúncia das palavras.

Além disso, existem algumas letras que estão presentes no nosso alfabeto após o atual acordo ortográfico que são utilizadas em palavras de origem estrangeira.

Por exemplo, palavras como download, playground e kit que possuem as letras K, W e Y.

Outro ponto importante para aprender inglês de maneira eficaz e rápida é esquecer a Gramática.

A maioria das escolas de inglês fazem você perder anos da sua vida aprendendo a gramática do Inglês.

E, por consequência, quando finaliza o curso se da conta que não consegue falar nada além do verbo To Be.

Essa mania de criar regras para aprender inglês não funciona. E, nesse sentido, não irão te ajudar a conseguir a tão sonhada fluência no inglês.

Gramática na língua inglesa é importante?

Não podemos descartar completamente a gramática, mas na hora de aprender inglês, ela não deve ser o foco.

Ademais, devemos aprender apenas o imprescindível.

Entretanto, qual deve ser, então, o nosso foco? O que devemos priorizar?

Em princípio, eu te digo: Escutar! Quando éramos bebês, nos escutávamos nossos pais falando até conseguirmos dizer nossa primeira palavra.

De igual modo acontece com uma língua estrangeira, ou seja, ouvir é fundamental.

É necessário que você esteja imerso no idioma, em outras palavras, fazer coisas que você gosta.

Por exemplo, ouvir músicas ou assistir filmes e séries em inglês. Entretanto, nada de legenda ou filmes dublados, hein?

Aplicativos para ajudar no processo de aprendizagem

No início vai ser um pouco difícil, mas é uma questão de habituar-se e investir um tempo diariamente para ampliar o seu vocabulário.

Para isso, você pode fazer uso de ferramentas, assim como aplicativos que podem ser baixados no seu celular. Como, por exemplo, o Duolingo, Babbel ou Busuu.

De farmacêutico à professor de Inglês

Inglês-aprender-o-idioma-não-é-um-bicho-de-7-cabeças

Michell é formado em Farmácia pela Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Entretanto, você pode se perguntar: “o que isso tem a ver com ser professor de idiomas?”

Calma, vamos te contar um pouco da história dele.

Entre 2014 e 2015, participou de um intercâmbio na Inglaterra, onde conheceu um alemão.

Assim sendo, devido à necessidade de ambos em aprender uma idioma diferente, surgiu a ideia de um ensinar o outro.

“Meu amigo alemão tinha um desejo muito grande de aprender o Português e eu de aprender alemão. Então, decidimos unir o útil ao agradável”, destacou Michell.

As aulas, de acordo com o farmacêutico, foram tão proveitosas que mesmo após retornarem aos seus países de origem, continuaram ajudando um ao outro pela internet.

Dessa maneira era possível continuar praticando a conversação de todos os idiomas.

Algo que começou como curiosidade em aprender um novo idioma, acabou virando, por conseguinte, uma possibilidade real de ensinar.

Em outras palavras, Michell percebeu que oideria realmente dar aulas para pessoas também interessadas em aprender.

“Quando voltei para o Brasil, comecei ensinando alguns amigos para adquirir experiência em lecionar e, consequentemente eles gostaram da minha didática”, relatou. Foi, então, que o farmacêutico passou a atuar, em seu tempo livre, como professor particular de Inglês.

Michell Lago: professor de idiomas cadastrado na Youtaf

Inglês-aprender-o-idioma-não-é-um-bicho-de-7-cabeças

Michell decidiu ensinar outras pessoas como aprender o idioma mais rapidamente.

E, desde então, descobriu uma forma de auxiliar pessoas a conquistarem seus objetivos profissionais ou pessoais através da educação.

“Pretendo em breve desenvolver uma plataforma interativa online de ensino do inglês”, anunciou o professor.

Portanto, se você está precisando aprender Inglês de forma rápida e efetiva, e quer contratar Michell, basta acessar a plataforma Youtaf.

De acordo com Michell estar cadastrado em uma plataforma digital de prestação de serviços é:

“Oportunidade para divulgar o meu trabalho e oferecer um serviço de qualidade para os clientes interessados através de uma plataforma simples e prática”.

Michell conheceu a nossa plataforma após um evento que participamos na faculdade onde ele estuda.

Logo depois demonstrou muito interesse em conhecer a plataforma, saber como ela funciona.

Foi, então, convidado pelo CEO da empresa para conhecer não apenas a plataforma, como sua sede.

“Fiquei bastante animado e confiante após o CEO da Youtaf ter me explicado detalhadamente o funcionamento da plataforma”.

Para conhecer mais a nossa plataforma confira o artigo Youtaf: conheça a plataforma de serviços online que mais cresce no Brasil.

A Youtaf surgiu primeiramente com o objetivo de solucionar a necessidade em conectar prestadores de serviços e usuários, a fim de promover a inclusão social no mundo digital.

Assim sendo, ela possibilita a divulgação de anúncios profissionais em diversos seguimentos.

E dessa forma, facilita o acesso a serviços diários tanto para quem precisa divulgar seus trabalhos quanto quem precisa contratar.